As últimas receitas

Tamago kake gohan (arroz com ovo de codorna cru e molho de soja)

Tamago kake gohan (arroz com ovo de codorna cru e molho de soja)


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

  • 1 xícara de arroz para sushi cozido
  • 4 ovos de codorna
  • 1 colher de sopa de Furikake (receita aqui: //retete/furikake-condiment-pentru-orez-din-alge-si-susan-76835.html)
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • chá quente (opcional)

Porções: 2

Tempo de preparação: menos de 15 minutos

PREPARAÇÃO DA RECEITA Tamago kake gohan (Arroz com ovo de codorna cru e molho de soja):

Misture o arroz com o Furikake e divida entre duas tigelas. Quebre 2 ovos em cada tigela e adicione 1/2 colher de sopa de molho de soja a cada um.

Sirva como tal ou regue com chá quente e consuma imediatamente.

Sites de dicas

1

Parte do café da manhã asiático (foto 2)


Todas as postagens marcadas são coladas

OS PRINCIPAIS INGREDIENTES DA COZINHA TRADICIONAL JAPONESA

A culinária japonesa é mundialmente conhecida por sua técnica de preparo e criatividade que combina os ingredientes mais simples, resultando em um prato espetacular. É considerada a mais saudável das cozinhas do mundo, devido aos alimentos naturais, nutritivos e com baixo colesterol.

PEIXE E FRUTOS DO MAR

O peixe é servido cru na maioria dos pratos japoneses, o que exige que seja bem fresco e cortado com uma faca especial para enfiar peixes, extremamente afiada, de forma a preservar a textura e o sabor fino do peixe. Para os japoneses, cortar comida não é uma rotina, mas uma forma de arte. As facas japonesas são mundialmente conhecidas pela qualidade incomparável do aço inoxidável, design fino e moderno e, por último, mas não menos importante, por sua excelente funcionalidade. A abundância de frutos do mar nas águas que cercam o Japão, bem como a abundância de águas correntes nas montanhas, mais a religião budista (que é contra matar animais), levaram os japoneses a usar menos carne, gordura animal e laticínios.

O arroz é o ingrediente mais importante da culinária japonesa desde os tempos antigos. Apesar das mudanças nos hábitos alimentares nas últimas décadas e do declínio do consumo de arroz, ainda é um dos ingredientes mais importantes no Japão. O arroz japonês tem grãos curtos e fica pegajoso quando cozido. O mais consumido é o arroz branco (hakumai), mas ultimamente a popularidade do arroz integral (genmai) tem aumentado devido aos seus benefícios para a saúde. A maioria das refeições japonesas é acompanhada por uma tigela de arroz cozido puro. Para o café da manhã, às vezes é misturado com um ovo cru e molho de soja (tamago Kake Gohan) ou com várias coberturas, como natto, um prato muito comum no Japão devido às suas qualidades nutricionais e consiste na soja cozida no vapor e fermentada com a bactéria Bacillus subtilis.

ÓLEOS JAPONESES

O macarrão geralmente substitui uma refeição à base de arroz. As principais variedades de macarrão são Soba (macarrão fino e seco marrom-acinzentado feito de farinha de trigo sarraceno) e Udon e Somen (macarrão que pode ser fresco ou seco feito de farinha de trigo duro). O macarrão pode ser servido em dezenas de variantes, cozido com frango, legumes, camarão, frutos do mar ou simples, com molho, frio ou quente. Eles também são usados ​​para preparar sopas de Ramen. No Ramen, o macarrão é preparado na própria cozinha do restaurante, a partir de farinha sem aditivos. O ramen é refrescante, leve, recheado e, mesmo que seja preparado com carne de porco e servido com ovo cozido, é calórico equilibrado.


Café da Manhã - Café da Manhã

O café da manhã é a primeira refeição do dia após o despertar, geralmente pela manhã. [1] A palavra em inglês se refere à interrupção do período de jejum na noite anterior. [2] Há uma grande probabilidade de que um ou mais menus "típicos" ou "tradicionais" existam na maioria dos lugares, mas sua composição varia muito de um lugar para outro e variou ao longo do tempo, de modo que, globalmente, uma grande variedade de pratos e os ingredientes agora estão associados ao café da manhã.


Cozinha Japonesa e # 8211 Especiarias e Tops

ESPECIARIAS E TOPS NA COZINHA JAPONESA

1. MOLHOS E ESPECIARIAS BÁSICAS

SHOYU & # 8211 O molho de soja é uma especiaria obtida pela fermentação de soja fervida, cereais fritos, água, sal e Aspergillus oryzae ou Aspergillus sojae (espécie de bactéria de fermentação). Por fermentá-los é obtido shoyu Koji (como um starter), à qual a salmoura é adicionada e deixada para fermentar por até um ano, depois filtrada e pasteurizada. O molho de soja tem um sabor básico, chamado umami, que se traduz em sabor agradável e saboroso.

O molho de soja é dividido em 5 categorias principais, dependendo dos ingredientes usados ​​e do método de produção.

  • Koikuchi é um molho da província de Kanto, de onde se espalhou pelo Japão. Mais de 80% da produção local de molho de soja é Koikuchi.
  • Usukuchi é um molho muito popular na província de Kansai e é mais salgado e mais claro do que o koikuchi.
  • Tamara é produzido na região de Chubu e contém apenas uma quantidade muito pequena de trigo, às vezes nem um pouco. Tem uma cor muito mais escura e um aroma mais forte do que o koikuchi.
  • Shiro (branco) é de cor clara. Ao contrário do tamari, o shiro é preparado principalmente a partir do trigo, com um pouco de soja, o que lhe confere uma cor clara e um sabor adocicado. É popular na região de Kansai, onde é usado para fazer sashimi.
  • Saishikomi tem uma cor muito mais escura e um aroma mais forte do que o koikuchi.

Existem duas outras variedades mais recentes de molho de soja com baixo teor de sal:

MISO & # 8211 MASSA DE SOJA é feito de soja fervida e triturada, à qual são adicionados cereais como trigo, cevada ou arroz e deixados para fermentar de 6 meses a um ano, após o que água e sal são adicionados para formar uma pasta. O missô está disponível em várias cores e sabores. Todos são misturados com dashi para fazer sopa de missô e são usados ​​de várias maneiras.

  • Shiro miso (missô branco) tem sabor leve, é suave e cremoso, na forma de molho e é adicionado a saladas.
  • Aka miso (missô vermelho) contém uma quantidade maior de sal e tem um aroma forte.

MIRINUL & # 8211 Vinho doce feito de arroz & # 8211 é um condimento importante usado na culinária japonesa e contém 40-50% de açúcar. É preparado com arroz pegajoso (mochigome) cozido no vapor, misturado com komekoji (fermento de arroz) e shochu (licor) e deixado para fermentar. Mirin é límpido, de cor dourada e geralmente é embalado em frascos. Diz-se que foi usado há 400 anos, no período Edo. Embora no início fosse utilizado principalmente como bebida, devido ao seu sabor adocicado e consistência espessa, passou a ser utilizado na gastronomia.
É um pouco semelhante ao saquê, mas tem um teor de álcool inferior: 14% em vez de 20%. Mirin é usado para dar sabor, especialmente a peixes cozidos, mas também para remover o cheiro de peixe. Pequenas quantidades de mirra são freqüentemente usadas em vez de açúcar e molho de soja. Não deve ser usado em excesso, pois tem um sabor muito forte. É também utilizado, entre outros, na preparação de molho teriyaki. Existem três tipos importantes de mirra.

  • Hon mirin (mirra verdadeira) contendo 14% de álcool.
  • Shio olhou, que contém álcool e 1,5% de sal, para evitar impostos sobre bebidas alcoólicas.
  • Shi Mirin (novo mirin) que contém menos de 1% de álcool, mas tem o mesmo sabor do hon mirin. Sem álcool, é utilizado exclusivamente para cozinhar.
  • vinagre puro & # 8211 feito de arroz fermentado
  • vinagre de arroz temperado (awasezu) & # 8211 é feito com a adição de saquê, sal e açúcar e às vezes mirra. Esse arroz é utilizado no sushi, no preparo de molhos para salada, junto com gengibre e gergelim, bem como no preparo do kome.

2. MOLHOS E MASSAS

Karashi & # 8211 é um tipo de mostarda preparada a partir de sementes de mostarda marrom trituradas, misturada com wasabi ou raiz-forte. Geralmente não é doce nem fraco. É usado no preparo de molhos, misturado com maionese e ketchup ou servido com pratos como tempura, oden, tonkatsu, natto, gyoza e karashinasu (berinjela japonesa em conserva). Dependendo da refeição, karashi pode ser o único tempero servido, ou pode ser servido com wasabi

Wasabi & # 8211 conhecido como raiz-forte japonesa, tem um aroma muito forte, sabor extremamente picante, ligeiramente semelhante ao da mostarda picante. O wasabi é geralmente comercializado na forma de uma raiz que deve ser bem ralada antes do uso, ou como uma pasta pronta de raiz de wasabi simples, ou com uma mistura de mostarda e corante alimentício. O wasabi fresco é extremamente perecível e mais caro do que a raiz-forte comum. A massa preparada deve ser mantida tampada até o momento de servir para evaporar o sabor, por isso os chefs costumam colocar o wasabi entre o peixe e o arroz.

Mentsuyu & # 8211 é um tempero feito de dashi (sopa japonesa), molho de soja, mirra e açúcar. Mentsuyu é mais frequentemente comido como molho de macarrão, como somen, fogão, udon e hiyamugi.

ponzu & # 8211 é um molho à base de citrinos, de sabor muito ácido, de consistência muito aquosa e de cor castanha clara. Ponzu shoyu ou ponzu jōyu é o molho de molho de soja ponzu (shoyu) adicionado, e o produto misturado é amplamente referido como simplesmente ponzu. Ele contém mirra, vinagre de arroz, flocos de katsuobushi e algas marinhas (konbu) e é preparado fervendo esses ingredientes em fogo médio. O líquido é resfriado, coado e, em seguida, o suco cítrico é adicionado.

Ray & # 8211 Pimentas infundidas em óleo vegetal, usadas na culinária japonesa como ingrediente para cozinhar ou como tempero. óleo de gergelim e pimenta vermelha geralmente são usados, dando um tom avermelhado ao óleo. Óleo de soja, óleo de milho, babosa seca, gengibre, folhas de goiaba, alho-poró, páprica e açafrão também são usados.

Warishita é um molho japonês que consiste em sal, açúcar e molho de soja, usado, por exemplo, na preparação de sukiyaki

Shichimi togarashi & # 8211 é uma mistura de 7 especiarias básicas: pimenta vermelha picada (ingrediente principal), pimenta sansho, casca de laranja frita, sementes de gergelim preto e gergelim branco, sementes de cânhamo, gengibre e algas marinhas. Esta mistura de especiarias não segue uma receita rígida, os ingredientes variam de acordo com as especiarias e gostos locais.

Furikake & # 8211 é um tipo de tempero que possui uma mistura de peixe seco e moído, sementes de gergelim, algas picadas, açúcar, sal e glutamato monossódico. Geralmente é colocado no arroz.

Maionese & # 8211 é geralmente feito de vinagre de arroz, vinagre de maçã e um pouco de glutamato de sódio (para dar um sabor diferente da maionese feita de vinagre destilado). Às vezes é servido com vegetais cozidos, misturados com molho de soja ou wasabi, mas também com peixe. Os japoneses costumam usá-lo como um substituto para o molho de tomate para pizza.

Fitas & # 8211 é uma especiaria preparada com bambu seco e servida com sopa de macarrão.

Molho Wafu & # 8211 é um molho para salada, preparado com molho de soja, vinagre de arroz e óleo.


Vídeo: How to Make Tamago Kake Gohan (Junho 2022).